Vai atrair a ira das feministas (vídeo)

A primeira propaganda do Fiat 500e, versão elétrica do subcompacto destinada exclusivamente aos Estados Unidos, tem tudo para ser classificada como sexista e atrair a ira dos grupos feministas de plantão. Isso porque a motorista perde o controle do carro por um motivo que você tem que ver. O 500e tem motor elétrico de 111 cv e 200 Nm de torque, alimentado por baterias de íons de lítio que podem ser recarregadas em menos de 4 horas numa tomada de 240 volts.  A autonomia é de 160 km, atingindo a velocidade máxima de 128 km/h. Cada proprietário do modelo também vai receber uma aplicação para smartphones, que fornece informações sobre a carga da bateria e permite gerenciar remotamente a navegação e controle de temperatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *