A Harley-Davidson que já vem uniformizada

Road King Police tem motor de 1.700cc: testar a moto utilizada por diversas Forças Armadas de diferentes partes do mundo é muito diferente

Texto: Johnny Inselsperger
Fotos: Osvaldo Furiatto Jr.

Motos sempre proporcionam muitas sensações em quem pilota. De liberdade ao pilotar uma custom, na velocidade ou deitando numa curva com uma superesportiva e por aí vai. Mas testar a moto utilizada por diversas Forças Armadas de diferentes partes do mundo é muito diferente.

Não bastasse ter nas mãos uma moto com motor Twin Cam 103, refrigerado a ar, de 1.700cc, que mede quase 2,5 metros e pesa 375 quilos, a Harley-Davidson Road King Police ainda vem equipada com sirene, luzes de perseguição e um alto-falante. O modelo é utilizado principalmente com os batedores que escoltam autoridades.

Após pegar a moto em São Paulo, o primeiro desafio foi o trânsito da Marginal Pinheiros. Mesmo contendo a vontade de ligar a sirene e o giroflex, percebo que meu caminho vai se abrindo. Alguns motoristas pensam que é um policial e outros querem mesmo é observar a moto, que tem um para-brisa imponente.

Mesmo com o trânsito pesado, a Road King tem agilidade. Mas é na hora que começo a rodar na Rodovia dos Bandeirantes que a moto mostra todo seu potencial. A entrega de força é impressionante e exige sempre muita atenção do piloto. Depois de colocar a sexta marcha é controlar o  acelerador e os  freios, que são  equipados com o sistema ABS.

Toda tecnologia adquirida ao longo de quase 110 anos da Harley-Davidson foi empenhada na segurança desse modelo. Nenhum botão de acionamento das luzes, sirene ou alto-falante é adaptado e fica bem perto do alcance das mãos.

Durante os quase 400 quilômetros rodados com a Road King Police foi possível ter certeza que o modelo foi desenvolvido para oferecer um elevado desempenho necessário para as Forças Armadas. A moto passa muita confiança em todas as situações e a dificuldade fica por conta das manobras de estacionamento.

Diferente de boa parte dos modelos custom, a distância do assento e o solo da Road King Police chega a 780mm, o que deixa a posição de pilotar bem alta. O banco pode ser regulado.

O modelo Road King Police não é comercializado, mas a Road King Classic está acessível a todos os consumidores e pode ser adquirida pelo preço sugerido pelo fabricante por R$ 56 mil.

Agradecimentos ao 11ª  Brigada de Infantaria Leve GLO por ceder o local para as fotos e a modelo Shana Maria Maciel Pereira

– Clique aqui e leia também: Harley-Davidson lança linha 2014 com motor refrigerado a água e novos equipamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *