McLaren P1 é superesportivo híbrido de 916 cv

A McLaren revelou hoje detalhes sobre a motorização do P1, que será lançado no Salão de Genebra, no próximo dia 5. É um superesportivo híbrido, que associa um motor V8 biturbo de 3.8 litros, o mesmo que equipa o MP4-12C, mas trabalhado para entregar 747 cv a 7.500 rpm, associado a outro elétrico de 179 cv. O conjunto entregará 916 cv de potência e 91,77 kgf.m de torque, com a força sendo transmitida para as rodas traseiras por uma transmissão de sete velocidades de dupla embreagem. O carro conta ainda com sistema de recuperação de energia gerada na frenagem (KERS) para recarregar as baterias que alimentam o motor elétrico. O P1 tem aerofólio ativo com Sistema de Redução de Arrasto (DRS) herdado da Fórmula 1. Ele altera o ângulo do aerofólio através de botão no volante, podendo reduzir o arrasto em até 23% em altas velocidades. De acordo com a McLaren, o modelo emite menos de 200g/km de CO² (gás carbônico).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *