Revoltado com revenda, dono destrói carro de R$ 950 mil

Sentindo-se enganado por uma concessionária, o proprietário de um Maserati Quattroporte destruiu o carro em praça pública na China. A revendedora cobrou o preço de uma peça nova, mas teria feito o reparo no carro com uma peça velha. Revoltado, o dono destruiu o carro a marretadas. A nova geração do Quattroporte acaba de ser lançada no Brasil por R$ 950 mil (leia mais aqui). Não é a primeira vez que um carro é destruído pelo proprietário como forma de protesto. Em março de 2011, o dono de um Lamborghini Gallardo mandou destruir o superesportivo porque não teve o problema resolvido pela concessionária (veja o segundo vídeo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *