Ducati confirma lançamentos para o Brasil

Edimarcio Augusto Monteiro – Test Rider
edimarcio@testrider.com.br

A Ducati inaugurou o seu primeiro show room no Brasil e lançou a Monster 796. A loja fica em São Ducati abre primeiro show room no Brasil 003Paulo, na Avenida Faria Lima. A Monster de junta à Diavel, que já está à venda. As duas são montadas em regime CKD (chegam completamente desmontadas) na fábrica de Manaus (AM), através de um acordo operacional com a Dafra.

A Monster 796 tem o preço sugerido de R$ 37,9 mil. A naked é equipada com motor de dois cilindros e 803 cc, com injeção eletrônica e refrigeração líquida, que entrega 87 cv de potência e 7,95 kgf.m de torque. O câmbio é de seis marchas e o sistema de freios apresenta dois discos na dianteira e o sistema ABS (antitravamento) é item de série. O peso, sem combustível e fluídos, é e 169 quilos.  A Ducati já comercializa a Diavel, por R$ 56,9 mil.

OUTROS MODELOS
O mercado brasileiro é considerado estratégico pela montadora italiana por causa de seu potencial. Tanto que a Ducati assumiu diretamente as operação no País em outubro passado. Uma confirmação dessa importância é que a inauguração do show room contou com a presença de Claudio Domenicali, CEO da Ducati Motor Holding, Roberto Righi, diretor de Vendas da DMH, e Ricardo Susini, diretor geral da Ducati do Brasil.

A fabricante confirmou ainda o lançamento da Hyperstrada no mercado brasileiro até o final deste ano. A moto, que é destinada ao turismo com alma esportiva, é equipada com um motor Testastretta 11, com 821cc, que entrega 110 cv  de potência a 9.250 rpm e 9,1 kgf.m de torque a 7.750 giros. Ela tem três modos de pilotagem – Sport, Urban e Touring – e freio ABS (antitravamento) como itens de série. A moto tem discos duplos de 320 mm de diâmetro com quatro pistões   na roda dianteira e disco único de 245 mm com pinça de pistão duplo na traseira.

Outro modelo programado para desembarcar no mercado brasileiro é  Multistrada 1200, que inicialmente será importada e depois também será montada em Manaus. A Panigale 1199, 848 e Streetfighter 848, que já haviam sido anunciadas,  foram confirmadas e chegarão até o final do ano.  A Ducati tem planos de abrir 10 concessionárias no Brasil até o final deste ano nas cidades de Campinas, Ribeirão Preto, Porto Alegre, Goiânia, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Brasília.

1 Comment

  1. Comprei porque meu sonho era ter uma Monster. Ainda não recebi a moto, pois moro em Alagoas, mas já estou arrependido. O atendimento da Ducati Cidade Jardim (São Paulo) faz parecer que a empresa não precisa vender. Falta atenção e cordialidade por parte do staff. Como não tinha outra opção, relevei e fechei o negócio. Agora minha agonia é para receber a moto. Na hora da compra prometem a entrega em uma semana. Do dia em que depositei o valor integral do moto na conta da Perfect Motors, até hoje, já se foram 21 dias e nada da moto. Pelo valor do frete (R$2.200), a entrega deveria ser via SEDEX. Corram da empresa Get Log Logística e Transporte. Espero que a moto valha a pena! Imaginem os aborrecimentos que ainda me esperam. O sonho está saindo caro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *