A versátil e divertida CBR 600F

Honda CBR 600F

Modelo esporte turismo da Honda alia beleza, esportividade e muito conforto

Texto: Johnny Inselsperger | Test Rider
Fotos: Osvaldo Furiatto Jr.

Equilíbrio é a palavra-chave para a Honda CBR 600F. Atento ao crescente mercado das motos de média cilindrada, a proposta da montadora japonesa foi aliar o prazer da velocidade de uma superesportiva com o conforto da naked. Seja nas ruas ou estradas, a estratégia da marca com o modelo denominado como esporte turismo foi atingida.

Apesar da carenagem, os semi-guidões estão fixados acima da mesa. Com isso, o piloto fica menos deitado sobre o tanque, como na superesportiva CBR 600RR. Isso torna menos difícil a missão de andar no trânsito pesado das cidades ou levar uma garupa. Mesmo assim, os retrovisores estão fixados na carenagem e não é tão ágil na hora de rodar nos corredores.

Já na estrada, enquanto nas nakeds o vento parece que vai te arrancar da moto, a CBR 600F tem a carenagem que deixa a moto mais grudada no chão e ainda reduz o consumo de combustível, pois diminui o atrito.

As principais características da nova Honda são pilotagem fácil, estilo esportivo e alta tecnologia, aliada ao conforto e um preço mais acessível em comparação as superesportivas. O motor de 599 cm³, de quatro cilindros, gera 102 cavalos. Isso aliado ao baixo peso de 191kg e 196kg com freios ABS (antitravamento) deixam o modelo bem esperto.

O design é moderno e atrai a curiosidade dos amantes das motos. O farol é bem semelhante ao da futurista VFR1200F e muita gente perguntou se a moto era de 1.000 cm³, pois passa a impressão de ser bem grande. O assento e a posição das pedaleiras deixam o piloto com as pernas menos flexionadas do que nas superesportivas.

Um dos principais diferenciais está no conjunto de freios. A versão standard conta com discos duplos dianteiros flutuantes de 296 mm e cáliper de dois pistões. Na traseira, disco simples de 240 mm com cáliper de pistão simples. Já a versão com freios Combined ABS (C-ABS) possui na dianteira discos duplos dianteiros flutuantes de 296 mm, com cáliper de três pistões. Na traseira, disco simples de 240 mm com cáliper de pistão simples.

O sistema, que é sinônimo de segurança sobre duas rodas, reúne os benefícios do ABS e do CBS . Enquanto o primeiro evita o travamento das rodas em frenagens bruscas, facilitando o controle do veículo em situações de emergência e permite manter seu controle da direção, o segundo distribui a força de frenagem entre as rodas dianteira e traseira.

A CBR 600F é produzida em Manaus (AM) e está disponível nas cores branca e azul metálico , com preço sugerido de R$ 33.990 para a versão standard e R$ 36.990 para a versão com freios C-ABS. A letra F que a moto traz em seu nome remete à palavra fun que, em inglês, significa diversão.

Ponto forte
O motor entrega toda potência com suavidade e isso torna o modelo bem agradável de pilotar. Além disso, a suspensão é mais macia do que das superesportivas e deixa a moto mais confortável.

Ponto fraco
O guidão esterça pouco e os retrovisores presos nas carenagem deixam a moto mais larga. Isso dificulta as manobras no trânsito urbano.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *