Mercedes-Benz Classe S: uma vitrine de tecnologia

Mercedes-Benz Classe S 2014 Edition 1 021

Novo Mercedes-Benz Classe S inova em sistemas, produção, segurança e conforto

Texto: Edimarcio Augusto Monteiro | Test Rider

A nova geração do Mercedes-Benz Classe S lançada na Europa é mais do que um novo carro. É uma vitrine de sofisticação e das tecnologias de ponta disponíveis no setor automotivo, com o modelo tendo a missão de ocupar também a lacuna deixada pelo fim da marca de limusine Maybach, do Grupo Daimler.

As mudanças na linha 2014 incluem uma frente mais moderna e esportiva, além de linhas laterais mais suaves, sem perder a classe e a elegância. Aqui começa o primeiro contato com o aprimoramento tecnológico do carro. É o primeiro da Mercedes a ter faróis de LED, mais eficientes do que os tradicionais com lâmpadas, como item de série em todas as versões. A estrutura e a carroceria são feitas com 50% de alumínio, o que reduz o peso final, melhora o desempenho e reduz o consumo e emissões.

Por dentro
O interior do novo Classe S é marcado pela sofisticação. Ele tem duas telas de 12,3 polegadas de alta resolução, uma que substitui o painel de instrumentos analógico e a outra usada para o sistema de infontaiment. O habitáculo traseiro pode ter cinco diferentes configurações, incluindo bancos reclináveis com seis níveis de massagem e 14 almofadas de ar.

Os encostos de cabeça do banco dianteiro têm duas telas de alta definição, que podem ser usadas para o trabalho ou entretenimento. Já que estamos falando de diversão, o sistema de áudio padrão tem dez alto-falantes, mas o modelo pode ser equipado com um sistema Burmester Surround ou sistema 3D Surround High-End Burmester.

Outro opcional do carro é o Balance Air, que filtra e ioniza o ar, além de liberar um perfume discreto e suave.

Opções
O novo Classe S tem 5.116 milímetros de comprimento, 1.899 de largura, 1.483 de altura e distância entreeixos de 3.035mm. Há ainda uma versão com o chassi alongado, com 5.246mm de comprimento e 3.165 de distância entreeixos.

O modelo, pela primeira vez, ganha motorização híbrida. A S 300 BlueTEC Hybrid associa um motor turbodiesel de 2.1 litros, de quatro cilindros, de 204 cavalos de potência e 51 kgf.m de torque a outro elétrico, de 27 cv de 25 kgf.m. O consumo médio é de 22,7 km/l, segundo a fabricante. Há ainda o S 400 Hybrid, com o mesmo motor elétrico e um V6 de 3.5 litros a gasolina, que entrega 306 cv e 37,7 kgf.m de torque.

A eles se juntam outras duas versões. A S 500 traz um V8 a gasolina de 4,7 litros, que desenvolve 455 cv e torque de 71,4 kgf.m. Esse modelo é o mais rápido da linha, indo da inércia aos 100 km/h em 4,8 segundos. A quarta versão disponível é a S 350, que traz um V6 turbodiesel de 3.0 litros com 258 cv e 63,4 kgf.m. Todos os propulsores estão associados e um câmbio automático de sete marchas.

Inovações
Os avanços tecnológicos também estão presentes na parte mecânica. A suspensão é equipada com uma câmera que detecta imperfeições no piso adiante para antecipar sua adaptação. O sistema é opcional para versões V8, mas todo Classe S vem com molas a ar e controle eletrônico de amortecimento.

Os equipamentos de segurança ganham destaque no modelo. Entre os vários sistemas disponíveis está uma câmera térmica que detecta pedestres e animais e aciona os freios até 50 km/h. Os cintos de segurança são infláveis.

Mercedes-Benz Classe S 2014 Edition 1 015
Clique aqui e
veja a galeria de
fotos e vídeo

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>