VW Kombi sai de linha e ganha versão de despedia com ar retrô (fotos)

O que já esperado há algum tempo foi confirmado nesta quarta-feira (14). A Volkswagen anunciou o fim da produção da Kombi no Brasil, colocando um ponto final em uma história de 56 anos, a maior da indústria automobilística em todo o mundo. Ela deixa a linha de produção em virtude da legislação que exige airbag duplo e sistema de freios ABS (antitravamento) em todos os veículos novos a partir do próximo ano.

Para marcar a despedida, é lançada a edição especial Kombi Last Edition, que terá apenas 600 unidades produzidas, que será vendida a partir do próximo mês com preço sugerido de R$ 85 mil.

A versão limitada terá a pintura tipo saia e blusa, que marcou as primeiras unidades produzidas no Brasi, acabamento interno de luxo e elementos de design que remetem às inúmeras versões do veículo. As unidades serão numeradas e terão placa de identificação.

A Kombi terá a cor azul, com teto, colunas e para-choques brancos, com uma faixa decorativa nessa cor circundando todo o veículo, logo abaixo da linha cintura. As rodas e as calotas são pintadas de branco, remetendo aos modelos mais antigos. A grade dianteira superior também é pintada na cor azul, assim como as molduras das setas e aros dos faróis. Outro detalhe retrô da Last Edition é o pneu com faixa branca.

Os vidros são escurecidos e o vigia traseiro tem desembaçador elétricos. As setas dianteiras têm lentes de cristal branco. A edição será identificada ainda pelos adesivos “56 anos – Kombi Last Edition”. A perua começou foi o primeiro modelo da marca produzido no Brasil, com a fabricação começando no dia 2 de setembro de 1957.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *