Nissan é advertida por exagerar em efeitos especiais em propaganda (vídeo)

A Federal Trade Comission (FTC), órgão norte-americano que fiscaliza o setor de propaganda, abriu um processo contra uma indústria automobilística pela primeira vez em 20 anos. A ação foi contra a Nissan por ter exagerado nos efeitos especiais para mostrar o desempenho da Frontier. O comercial mostra a picape subindo uma duna de areia íngreme para empurrar uma gaiola até o topo. De acordo com o FTC, a publicidade veiculada na TV norte-americana faz a duna parecer ter inclinação muito mais acentuada do que a real e a Frontier e a gaiola foram puxados até o topo por cabos escondidos. “Os efeitos especiais em anúncios podem ser divertidos, mas os anunciantes não podem usá-los para deturpar o que um produto pode fazer”, disse Jessica Rico, diretora do Departamento de Defesa do Consumidor da FTC . “Esse anúncio fez a Nissan Frontier parecer capaz de fazer coisas que não pode fazer “, acrescentou. A Nissan e a agência TBWA, responsável pelo comercial, não foram multados, mas concordaram em não usar efeitos enganosos no futuro. Clique aqui e veja outros vídeos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *