Nissan inaugura fábrica para nacionalizar o March e o Versa

A Nissan inaugurou nesta terça-feira, em Resende (RJ), a sua segunda fábrica no Brasil. A unidade marcará a nacionalização da produção do hatch March e do sedã Versa, que compartilham a mesma plataforma e até agora eram importados do México. A unidade recebeu um investimento de R$ 2,6 bilhões, tem capacidade de produção de 200 mil veículos/ano e vai gerar 4 mil empregos diretos e indiretos.

O March produzido na nova planta será equipado com motor bicombustível de 1.6 litro, que entrega 116 cavalos de potência com etanol, enquanto o 1.0 flex, de 74 cv, será feito em São José dos Pinhais (PR), onde a montadora tem uma fábrica coma  Renault. A unidade fluminense faz parte do plano de negócios da Nissan no Brasil, que tem como meta ocupar a primeira colocação entre as montadoras japonesa Brasil e atingir 5% de participação no mercado até 2016. Isso representa mais do que dobrar a participação, que ficou em 2,2% em 2013.

Os carros

O March nacional ainda está em fase de pré-produção e será lançado em breve, já reeestilizado. O hatch ganhará novos faróis, grade frontal, para-choques e lanternas, além de alguns retoques no interior. A picape Frontier e a minivan Livina, que está prestes a ser substituída pelo Note, continuarão a serem fabricados na planta paranaense.

Já o sedã Sentra será importado do México, enquanto o Altima trazido dos Estados Unidos. A Nissan divulgou ainda que tem planos de lançar novos modelos no mercado nacional nos próximos dois anos, mas diz que eles ainda estão em estudo.

Nissan nova fábrica no Brasil 001

Nissan nova fábrica no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *