Renault Captur e picape Duster serão produzidos no Paraná

Renault-Captur-020 destaque

Renault Captur

O Renault Captur e o a inédita picape baseada no Duster serão produzidos no Brasil. no complexo industrial da marca em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba (PR). O anúncio foi feito  nesta quinta-feira (17) pelo presidente mundial do Grupo Renault-Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, ao divulgar um investimento de R$ 500 milhões nessa unidade para a produção dos dois modelos. O lançamento no mercado nacional confirma uma informação que o Test Rider já havia antecipado em fevereiro (leia mais aqui).

O executivo disse que os veículos marcam a entrada da marca em novos segmentos no País e fazem parte de uma estratégia para aumentar a participação no mercado dos atuais 6,7% para, pelo menos, 8% em 2016. A Renault também anunciou a construção de um centro de distribuição de peças em Quatro Barras, também na Região Metropolitana de Curitiba.

Os novos veículos

Há algum tempo já se houve falar em uma picape compacta baseada no Duster, mas não detalhes do projeto. Ela está prevista para ser lançada este ano na Europa com a marca Dacia, a subsidiária romena da Renault, com versões cabine simples e cabine dupla, com tração 4×2 e 4×4.  O interior deverá ser igual ao do Duster.

Já a Captur é um SUV médio posicionado acima do Duster por se mais sofisticado. O crossover foi Renault-Captur-009 (1) destaquelançado no Salão de Genebra de 2013. Ele tem 4,12 metros de comprimento, espaço para cinco passageiros e  características de modelos superiores. A versão francesa tem partida por cartão sem chave, como o antigo Mègane, sensores de estacionamento, câmera de ré, o sistema multimídia está disponível em um tablet destacável. Ela é equipada com motor turbo de 1.2 litro, que entrega 120 cavalos de potência a 4.900 rpm e 19,4 kgf.m de torque a 2.000 giros, associado a um câmbio automático de seis velocidade de dupla embreagem.

O SUV vai da inércia aos 100 km/h em 10,9 segundos e atinge os 192 km/h de velocidade máxima.  De acordo com a Renault, o consumo médio é de 15,2 km/l de gasolina na cidade e de 21,3 km/l na estrada. Ele é vendido na Europa por 15,5 mil euros (cerca de R$ 49,3 mil). Não é oficial, mas a estimativa é que a versão brasileira tenha preço entre R$ 70 e 80 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *