Único Lamborghini Egoísta vai para o museu

O único exemplar do Egoísta, apresentado em maio de 2013 como parte das comemorações dos 50 anos da Lamborghini, faz agora parte do museu da marca em Sant´Agata Bolognese, na Itália. Chamado assim por ser um monoposto, o superesportivo tem como base o Aventador, mas o design é inspirado no helicóptero militar Apache, o que pode ser notado no painel e alguns avisos no tanque de combustível e lateral da cabine. O carro foi projetado por Walter de Silva, diretor de Design do Grupo Volkswagen e tem um motor V10 de 5.2 litros, que entrega 600 cavalos de potência. O seu destino final é poder ser visto por todos os visitantes do museu so invés de terminar na garagem de algum bilionário do Oriente Médio ou da China.

1 Comment

  1. Bom e ruim, não gosto de máquinas paradas em museus… as vezes é bom, mas um carro desse poderia rodar o mundo em eventos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *