Mercedes CLS 2015 ganha retoques e câmbio de 9 marchas

A Mercedes-Benz apresentou nesta quarta-feira (18) por inteiro a reestilização feita no CLS e CLS Mercedes-Benz 2015 010 destaqueShooting Brake 2015. A montadora alemã mostrou ontem (17) o farol inteligente Multibeam LEAD do modelo (clique aqui para ler mais), que será oferecido como opcional, e agora revela todas as alterações feitas.

As mudanças de meia-idade são sutis, mas foram feitas várias mudanças mecânicas, ampliados os opcionais e introduzida a nova linha AMG Plus, que aumenta as possibilidades de personalização. Além disso, o câmbio automático de nove velocidades passa a ser item de série em toda a linha, com exceção de um modelo do qual falaremos mais abaixo. Há pouco o que se falar nas mudanças de design, que se restringem a um novo para-choque dianteiro com entradas de ar maiores, grade levemente modificada e faróis redesenhados.

Interior e motores

No interior, foram feitas uma série de upgrades, como a nova tela de 8 polegadas do sistema multimídia, novo volante multifuncional de três raios e comandos mais simples para os controles do painel. Todas as versões a diesel serão equipadas com motores com tecnologia de tratamento da ureia no Mercedes-Benz 2015 006 destaquesistema de exaustão e que atendem as normas de emissões EU6 para a Comunidade Europeia.

Uma novidade é chegada do novo modelo de entrada CLS220 BlueTec, que substituirá o CLS250 BlueTec. Ele é alimentado como um motor turbodiesel common rail de 2.1 liros, de quatro cilindros, que desenvolve 170 cavalos de potência e 40,78 kgf.m de torque. Com o sistema de tratamento de ureia, o motor V6 3.0 do CLS350 BlueTec foi revistos e entrega 7 cv a menos, agora com 257 cv, mas mantém os mesmo 63,18 kgf.m de torque.

Substituto

O CLS350 CGI a gasolina foi substituído pelo mais potente CLS400, equipado com V6 biturbo de 3.0 litros com injeção direta de combustível, que desenvolve 26 cv e 3,60 kgf.m a mais, chegando a 332 cv e 48,94 kgf.m. O modelo top de linha CLS63 AMG está mais potente, com o V8 5.5  biturbo afinado para entregar 557 cv e 81,57 kgf.m. A versão com tração integral 4Matic é ainda mais poderosa: 585 cv, mas tem o mesmo torque.

Ele é o único modelo equipado com o câmbio SpeedShift AMG de sete velocidades. Na parte de tecnologia, o CLS ganha novos recursos. Entre eles está o sistema de prevenção de colisão, que freia automaticamente o veículo quando é detectado um impacto iminente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *