Troller T4 2015 é maior, mais potente e refinado

A nova geração do Troller T4 foi apresentada nesta terça-feira (24), com as vendas começando no Troller T4 2015 002 destaquefinal de julho ou início de agosto. O jipe sofreu muitas modificações, cerca de 1.700 ao todo, ganhando novo acabamento e está mais potente. Ele passa a ser equipado com o motor turbodiesel Duratorq de 3.2 litros, de cinco cilindros, que desenvolve 200 cavalos de potência e 48 kgf.m de torque na faixa de 1.750 a 2.500 rpm, associado a um câmbio manual de seis velocidades, o mesmo conjunto mecânico das versões mais caras da Ford Ranger.

Ele substitui o motor diesel MWM de 3.2 litros de 165 cavalos a 3.500 rpm e 38,76 kgf.m de torque entre 1.600 e 2.200 giros. Ou seja, quem gosta de fazer trilhas terá mais força para enfrentar as dificuldades do off-road.  O T4 2015 terá sistema de tração com três níveis de regulagem através de um seletor no console central. A 4×2, 4×4 High, recomendada para piso escorregadios e que pode ser engatada a até 120 km/h, e a 4×4 Low, reduzida, para off-road extremo, atoleiros e rampas.

Preço

As novidades deixarão o utilitário mais caro. A Ford, dona da marca desde 2007, não fala em preço Troller T4 2015 014 destaquefinal, mas admite um aumento entre 12% e 15%. Levando-se em conta que o modelo atual tem o preço oficial de R$ 96.844, o valor da nova geração será entre R$ 108,5 mil e R$ 111,4 mil. Ficando no meio termo, na faixa de R$ 110 mil. Mas a com a chegada da nova geração, o autal modelo já é oferecido com desconto por R$ 90,9 mil no site de Troller, um desconto na casa de 6,5%.

– Atualizado em 16/07/2014: A Troller anunciou nesta quarta-feira (16) o preço da nova geração do T4. O jipe começará a ser vendido em agosto por R$ 110.990.

O novo T4 ganha um visual mais moderno e esportivo inspirado no TR-X, conceito apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo 2012. Ele tem nova plataforma e está maior. O comprimento passa a ser de 4,09 metros (um ganho de 14,5 cm), largura de 1,97 (+ 10 cm), 1,96 de altura (1 cm a mais) e 2,58 metros de distância entre-eixos (aumento de 17 cm). A carroceria é de aço e fibra de vidro.

Mas os números interessantes para os trilheiros são esses: a distância livre do solo é de no mínimo 20,8 cm (diferencial traseiro), com o assoalho estando a 31,6 cm. Isso permite ângulos de ataque e saída de 51 graus, uma melhoria substancial em relação ao antecessor, que tem ângulo de entrada de 50 graus e de saída de 17 graus. O ângulo de rampa agora é de 30 graus, ganho de 1 grau. De acordo com a Troller, o T4 pode rodarem cursos de água de até 80 cm de profundidade.

Interior

Se esses dados animam a buscar aventuras mais radicais, o T4 2015 sofreu outras mudanças que buscam atrair um novo público, aquele que gosta de ter um veículo com esse espírito, mas que não Troller T4 2015 003 destaquetira os pneus do asfalto das cidades. O interior do modelo está mais “domado”, próximo de um automóvel. Oferece mais conforto e material de acabamento de melhor qualidade. Entre os equipamentos de série estão direção hidráulica, ar-condicionado digital de duas zonas, rádio com CD-Player, conexão Bluetooth e USB, vidros e travas elétricos e teto solar panorâmico duplo, mas sem possibilidade de abertura – o vidro fica exposto.

O utilitário traz de série freios com ABS (antitravamento) com EBD (sistema de distribuição eletrônica da força de frenagem). O porta-malas tem capacidade para até 134 litros, com possibilidade de rebater os bancos traseiros em dois estágios. OT4 tem uma linha com 130 acessórios originais, boa parte útil nas trilhas e outros que permitem a personalização do veículo.

Entre eles estão pneus lameiros – 80/20 off/on-road. Os originais são 70/30. O comprador pode optar ainda por guincho com cabo de aço, snorkel e para-choque especial. Segundo a Troller, o novo T4 tem consumo médio de 9,8 km/l no uso urbano e de 12,3 km/l na estrada. O tanque de combustível tem capacidade para 62 litros. Neste caso houve uma redução de 10 litros na capacidade.

1 Comment

  1. Rosimar

    O jipe continua com as mesmas características off-road, no entanto, houve um aperfeiçoamento para a utilização no asfalto. O jeitão dele me agradou, estou pensando em trocar de troller no início de 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *