Galeria Triumph Thunderbird Commander é lançada no Brasil

Modelo Cruiser importado tem visual clássico, muita força e conforto por R$ 53.900

Texto: Johnny Inselsperger
Fotos: Osvaldo Furiatto Jr

A Triumph apresentou nesta quinta-feira a nova integrante da família Cruiser que será comercializada no País. A Thunderbird Commander tem um visual clássico, com um largo guidão, garfos bem afastados e pneus largos na dianteira e traseira que deixam a moto imponente. Os faróis duplos dão identidade ao modelo. Na traseira, uma bela lanterna com iluminação por led.

Durante as primeiras impressões do modelo foram percorridos quase 25 quilômetros pela Rodovia D. Pedro I. O motor de 1.699cm³, com dois cilindros paralelos e refrigeração líquida, desenvolve 98,3 cv de potência suficientes para levar a moto próximo dos 180km/h. Mas o que impressiona mesmo é o torque máximo de 15,4 kgf.m, que funciona como um soco quando o piloto abre o acelerador.

Ao mesmo tempo, a moto pode entregar toda essa força de uma forma suave e linear. Surpreendente também é a ciclística da Thunderbird Commander. Andando em velocidades bem baixas, quase parando, o piloto não sente a necessidade de colocar o pé no chão.

E por falar em surpreendente, motos Cruiser, ou Custom como são mais conhecidas, não costumam ser confortáveis, mas a Thunderbird Commander foge a regra. Primeiro um assento que está a apenas 70cm do chão. É bem largo e ganhou uma dose extra de espuma em comparação com sua irmã, a Thunderbird Storm. Além disso, a suspensão traseira de 109mm assimila bem as imperfeições e durante o trajeto não deu aquela batida seca quando chega no final do curso, mesmo passando em depressões. Outro ponto positivo é que mesmo parado com o motor ligado não senti o característico calor que esquenta (em alguns casos até queima) as pernas na maioria das motos Custom.

O câmbio de seis velocidades tem trocas precisas e suaves, sem trancos nas mudanças e a transmissão final é por correia dentada. A embreagem é hidraulica e o acionamento não chega a ser dura.

Mesmo pesando 348 quilos com óleo e tanque cheio, rodando a moto é leve e obediente aos comandos, transmitindo confiança e segurança. Mesmo com os cilindros paralelos, o ronco do duplo escapamento é semelhante aos motores em ‘V’.

O tanque tem capacidade para 21,7 litros e nas medições realizadas no exterior, o consumo ficou entre 12 e 16km/l. Os freios são com ABS de série e não tem aquele efeito ‘borrachudo’, além de ter o acionamento suave e preciso.

A Triumph Thunderbird Commander chega nas concessionárias a partir da próxima terça-feira (22), nas cores vermelha e preta, com preço sugerido pelo fabricante de R$ 53.900

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *