Galeria Suzuki GSX1250FA: esportividade para suas viagens

Versão com carenagem da Bandit 1250 S oferece desempenho, aerodinâmica para cortar o vento, segurança e preço atraente

Johnny Inselsperger

Osvaldo Furtiatto Jr.

 

Lançada recentemente, a Suzuki GSX1250FA tem três fortes atributos para conquistar o público que busca uma Sport Touring: motor potente, preço atraente e a segurança dos freios com ABS. Apesar da cara de esportiva que a carenagem lhe atribui, basta montar na motocicleta para perceber que tem um assento confortável, guidão preso sobre a mesa em uma altura que o corpo fica pouco inclinado para frente e as pernas pouco dobradas, pois as pedaleiras não ficam recuadas.

 

Isso se confirma ao rodar com a versão carenada da Bandit. O acionamento da embreagem tem peso médio e não chega a doer a mão na cidade. A potência do motor é transmitida para a roda traseira com linearidade. O funcionamento do motor é suave e silencioso. E para sacramentar que não é mesmo uma moto que privilegia a esportividade, e se tornar surpreendente, a Suzuki GSX1250FA roda com facilidade no trânsito das cidades, graças ao grande torque do motor em baixas rotações e boa ciclística que facilita as mudanças de direção e o equilíbrio em velocidades bem reduzidas. Os retrovisores presos na carenagem que travam um pouco no corredor entre os carros parados.

 

Mas o seu território natural é mesmo a estrada. Indicada para pilotos experientes, a sport touring da Suzuki tem o necessário para um gostoso passeio sozinho ou acompanhado. O motor de 1255cc, com quatro cilindros, refrigeração líquida e injeção eletrônica é vigoroso e atinge 98cv de potência máxima a apenas 7.500 rpm que pode levar a GSX1250FA na casa dos 250km/h. Com torque máximo de 11,01 kgf.m já aos 3.500rpm quase não é necessário fazer mudanças no câmbio com seis velocidades, que tem trocas precisas e transmissão final por corrente.

 

Durante a avaliação foram percorridos 1246 quilômetros e a média de consumo ficou em 16,6 km/l, mas poderia ter sido melhor se o ronco encorpado da Suzuki GSX1250FA não convidasse tanto para acelerar. Como o tanque tem capacidade para 19 litros, a autonomia será de aproximadamente 300 quilômetros. A carenagem, que cobre quase todo motor é um item de conforto, pois reduz bastante a briga entre o corpo do piloto e o vento.

 

Mesmo prevalecendo o conforto, o conjunto de suspensões é bastante confiável, com respostas que permitem deitar um pouco mais nas curvas. Na dianteira é telescópica com curso de 130mm. Na traseira é monolink com curso de 136mm, que atendem muito bem a proposta de uma moto confortável, com certa dose de esportividade.

 

Os freios com sistema antitravamento (ABS) tem respostas precisas e eficientes. Afinal, parar uma moto de 257 quilos, que chega rápido aos 200km/h não é uma tarefa fácil.

 

A Suzuki GSX1250FA tem preço sugerido pelo fabricante de R$ 42.900 e está disponível nas cores branca, preta e azul.

 

Ponto positivo: apesar de ser uma moto grande, a distância do assento ao solo pode ser regulada para 805mm, que torna a GSX1250FA mais acessível para as pessoas já a partir de 1,70m em média. Por outro lado, pode ser regulado para 825mm e deixar a perna menos dobrada.

 

Ponto negativo: o consumo de gasolina é muito semelhante ao das esportivas e por privilegiar o conforto, poderia ser mais econômica, mas isso não chega a causar preocupação na maioria dos motociclistas que buscam máquinas acima de 1.000cm³

 

4 Comments

  1. Abner

    Semi-guidões? Onde?

    • Johnny Inselsperger

      Olá Abner!
      Muito obrigado pela correção. O modelo tem guidão preso sobre a mesa.
      Abraços

  2. JULIO CÉSAR FERREIRA DA SILVA

    Amigo, gostaria de saber a condição do carona para viagem, pois pretendo comprar essa máquina para viajar com a minha esposa. O conforto também é fundamental para o carona.
    Abraços.

    • Johnny Inselsperger

      Olá Júlio!
      Um dos pontos fortes desse modelo é o conforto para garupa. Como seu corpo vai pouco inclinado, a garupa também fica posicionada pouco inclinada para frente. Pernas não ficam muito flexionadas. Além disso, o assento é largo e a espuma generosa, o que permite muitos quilômetros de estrada para os dois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *