Chevrolet S10 2015 ganha novo motor de 206 cv. Confira os preços, fotos e vídeo

A Chevrolet lança nesta quarta-feira (24) a linha 2015 da S10, que chega com novidades: é a primeira Chevrolet S10 2015picape a oferecer opção de motor flex equipado com injeção direta de combustível e passa a ser a mais potente da categoria no mercado. O título fica com a equipada com o inédito motor 2.5 Ecotec, de quatro cilindros, que desenvolve 206 cavalos de potência e 27,3 kgf.m de torque quanto abastecido com etanol. Ele está disponível nas versões intermediária (LT) e luxo (LTX). O propulsor 2.4 Flexpower de 147 cv passa a equipar apenas a versão de entrada LS, que não sofre mudanças. Há a ainda a opção do motor de 2.8 litros turbodiesel, que teve a potência aumentada para 200 cv após passar por atualizações mecânicas.

O novo motor de 2.5 litros está associado a câmbio manual de seis velocidades e opção de tração 4×4 com reduzida de acionamento eletrônico e controle eletrônico de estabilidade. Esses itens eram Chevrolet S10 2015oferecidos apenas na versão a diesel. Esse propulsor tem injeção direta de combustível, que proporciona redução do consumo e melhor desempenho ao veículo. Ele conta ainda com duplo comando de válvulas continuamente variáveis e bloco em alumínio com camisa em ferro fundido nodular. Completam a lista o eixo balanceador, os pistões em alumínio com pino flutuante e resfriamento por jatos de óleo, além de bomba de óleo variável, controle eletrônico da temperatura do motor e sistema de partida a frio sem tanquinho.

Novo câmbio

Além disso, o uso de transmissão de seis marchas em substituição a de cinco usada anteriormente permite melhor escalonamento das marchas, contribuindo também para a redução de consumo, dos níveis de ruído, vibração e aspereza, principalmente em percursos rodoviários. A S10 ganhou ainda uma recalibração das suspensões dianteira e traseira, com o intuito de deixar mais rígido. Segundo a montadora, o objetivo foi melhorar a dirigibilidade no uso urbano e tornar a picape mais confortável em pisos irregulares.

A linha 2015 também mudanças internas, com reforços no isolamento acústico da cabine, adoção de novos materiais de acabamento no painel e equipamentos e série adicionais, dependendo da versão. Chevrolet S10 2015Nas versões LTZ, o painel passa a vir com uma nova textura, mais suave ao toque, além de moldura central do painel e das portas e do volante em material preto brilhante, realçando os elementos cromados. O descansa braço passou a receber acabamento em couro na cor cinza com pespontado.

Equipamentos de série

A lista de equipamento de série da versão LTZ também cresceu. Entre eles está o Assistente de Partida em Rampas (Hill Start Assist), que não permite que o veículo recue em saídas íngremes, e o Assistente de Descida (Hill Descend Control), que controla a velocidade em descidas íngremes sem a necessidade de intervenção do motorista, proporcionando maior segurança. Essa configuração conta ainda com controles eletrônicos de tração e de estabilidade (TC e ECS) e o controle de balanço de reboque (TSC), que aciona automaticamente os freios e reduz o torque do motor, caso seja detectado alteração da trajetória do trailer, por exemplo.

Chevrolet S10 2015Na linha 2015, a S10 passa a oferecida com 14 configurações. São duas opções de carroceria (simples e dupla), duas de tração (4×2 e 4×4), três de transmissão (manual de cinco ou de seis e automática de seis marchas), três de acabamento (LS, LT e LTZ) e três de motorização (2.4 flex, 2.5 flex SIDI e 2.8 Turbodiesel). A picape tem como itens de série em todas as versões ar-condicionado e computador de bordo, além dos obrigatórios freios ABS (antitravamento) e duplo airbag.

Conheça cada versão

Mesmo na versão de entrada LS cabine simples, com 1.031 kg de capacidade de carga e foco no trabalho, o motorista conta com itens como ar-condicionado, computador de bordo, freios ABS e airbag duplo. Esse acabamento também está disponível com cabine dupla, nas configurações 2.4 flex ou 2.8 Turbodiesel, com tração 4×2 e 4×4.

Chevrolet S10 2015Já a versão intermediária LT aparece apenas com carroceria de cabine dupla e transmissão de seis marchas (manual ou automática). Os propulsores são o novo 2.5 ECOTEC flex e 2.8 Turbodiesel, ambos com opção de tração 4×2 ou 4×4. Conjunto elétrico de travas e vidros, piloto automático, sistema multimídia Chevrolet MyLink, coluna de direção regulável em altura e rodas de liga leve são itens adicionais de série.

Com as mesmas configurações mecânicas, a versão LTZ  traz ainda faróis tipo projetor, lanterna de LED, rodas aro 17, sensor de estacionamento, navegador por GPS, bancos em couro, volante multifuncional, rack de teto, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em aclives e controle de velocidade de declives, entre outros. Os preços sugeridos da linha 2015 são:

  • Cabine Simples
  • LS 2.4 flex 4×2 (manual de 5 marchas):  R$ 69,8 mil
  • LS 2.8 diesel 4×4 (manual de 6 marchas): R$ 98,3 mil
  • Cabine Dupla
  • LS 2.4 flex 4×2 (manual de 5 marchas): R$ 78,2 mil
  • LS 2.8 diesel 4×4 (manual de 6 marchas): R$ 108,3 mil
  • LT 2.5 flex 4×2 (manual de 6 marchas): R$ 86,4 mil
  • LT 2.8 diesel 4×2 (manual de 6 marchas): R$ 111,5 mil
  • LT 2.8 diesel 4×2 (automática de 6 marchas): R$ 115 mil
  • LT 2.5 flex 4×4 (manual de 6 marchas): R$ 92,4 mil
  • LT 2.8 diesel 4×4 (manual de 6 marchas): R$ 121,8 mil
  • LT 2.8 diesel 4×4 (automática de 6 marchas): R$ 124,9 mil
  • LTZ 2.5 flex 4×2 (manual de 6 marchas): R$ 97,7 mil
  • LTZ 2.8 diesel 4×2 (automática de 6 marchas): R$ 131 mil
  • LTZ 2.5 flex 4×4 (manual de 6 marchas): R$ 103,7 mil
  • LTZ 2.8 diesel 4×4 (automática de 6 marchas): R$ 142,4mil


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *