Fiat 500X faz sua estreia mundial e chega ao Brasil em 2015

O Fiat 500X, o primeiro crossover da marca, fez sua estreia mundial nesta quinta-feira (2), no Salão de Paris, e deverá se tornar brasileiro em 2015. O modelo usa a mesma plataforma do Jeep Renegade, mas cada um tem características próprias, seguindo o perfil das marcas. Os dois SUVs poderão ser produzidos na nova fábrica que a Fiat está construindo em Goiana, em Pernambuco. O Renegade é um verdadeiro off-road e já tem a produção confirmada a partir de janeiro de 2015. O 500X tem uma proposta mais urbana, mas os dois vão competir com o Ford EcoSport e Renault Duster.

A confirmação oficial de sua produção no Brasil é uma questão de tempo. O 500X nasceu como um Fiat 500X 2015 011 destaqueveículo global e será vendido em 100 países. O Brasil é um dos principais mercados da Fiat no planeta e não tem lógica deixar o novo modelo fora dele. O crossover italiano é sexto membro da família 500, que já inclui o 500, 500C, 500L, 500L Trekking, que são diferentes em termos de vocação e público a que se destina, mas todos são inspirados no icônico Cinquecento.

Motores

O 500X para o mercado europeu será produzido na fábrica de Melfi, na Itália. O SUV compacto mede 4,25 metros de comprimento, 1,80 m de largura e 1.61m de altura. O porta-malas tem capacidade para 350 litros. As rodas podem ser de 16, 17 ou 18 polegadas.

Ele estará disponível inicialmente em três versões diferentes com motor a gasolina. A versão tem entrada tem motor 1.4 turbo MultiAir II, de 142 cavalos de potência, associado a câmbio manual de seis velocidades. A tração é dianteira. Há ainda as opções a gasolina 1.6 MultiJet II, de 122 cv, e 2.0 MultiJet II, com 142 cv, ambas com nova transmissão automática de nove velocidades com tração integral.

Futuramente a gama será completada com 1.6 E-Torq de 111 cv, câmbio manual de cinco velocidades e tração nas quatro rodas;  1.4 turbo de 172 cv com transmissão automática de nove velocidades e tração integral; além do bloco Tigershark 2.4, de 187 cv, fornecido pela Chrysler.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *