Tesla apresenta a evolução do Model S, que está mais potente

A fabricante norte-americana de carro elétrico Tesla Motors apresentou novas versões para o Model S. O Model S P85D passa a contar com tração integral graças ao uso de dois motores elétricos, um de 214 cavalos de potência instalado no eixo dianteiro e outro de 476 cv, no traseiro.

A potência combinada é de 701 cv, com 94, 83 kgf.m de torque. O carro vai da inércia aos 97 km/h (0-60 mph) em apenas 3,2 segundos, o que o torna 1 segundo mais rápido do que o P85 anterior. Ele cobre 400 metros em 11,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 250 km/h, 40 km/h a mais do que o P85.

Além disso, a autonomia foi elevada em 16 km, chegando aos 443 km. A inclusão de mais um motor aumentou o peso do Model S em 132 quilos, totalizando 2.239 kg, distribuídos 50:50. As mudanças estéticas se restringem a uso de pinças de freio vermelhas e emblema de identificação na parte traseira.

A Tesla também anunciou o lançamento de duas versões menores, a 60D e 85D, que têm motor de 191 cv na traseira. O primeiro faz o sprint 0-97 km/h em 5,7 segundos, e o segundo, em 5,2 segundos.

Outra novidade é que o Model S passa a contar com sistema de condução semiautônoma, que utiliza câmeras para monitorar obstáculos à frente, associado a um sonar de 360 graus. O sistema reduz a velocidade ou para completamente o carro se identificar o risco de batida. O presidente da Tesla, Elon Musk, prevê a chegada do carro totalmente autônomo nos próximos cinco a seis anos.

Tesla Model S P85D 004

Tesla Model S P85D 003

Tesla Model S P85D 002

Tesla Model S P85D 001

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *