Novo Mustang Shelby GT350 tem o V8 aspirado mais potente já feito pela Ford

O Ford Mustang Shelby GT350 está de volta, com o motor aspirado mais potente já feito pela marca. Baseado na nova geração do modelo, a versão de alta performance é alimentada por um exclusivo motor V8 de 5.2 litros com “mais de” 500 cv de potência e torque de 55,3 kgf.m, usando as palavras da fabricante. Entra as mudanças feitas no bloco está o uso de virabrequim plano, arquitetura encontrada somente em carros de corrida e alguns esportivos europeus. Diferentemente de um V8 tradicional, onde as bielas são ligadas ao virabrequim em ângulo de 90 graus, o seu design adota intervalos uniformes de 180 graus.

Ford Mustang Shelby GT350 2015 049 destaque

Esse layout e o eixo plano permitem uma ordem alternada de ignição dos cilindros, reduzindo a sobreposição dos pulsos de pressão de escape. Essas mudanças, combinadas com avanços no cabeçote e no trem de válvulas, permitem uma melhor respiração e ampliam o desempenho do V8. Ford Mustang Shelby 2015 015O câmbio é manual de seis velocidades. O diferencial Torsen de deslizamento limitado otimiza a aderência em curvas e a tração nas retas.

A grade dianteira é feita em composto injetado de fibra de carbono. Além de bitola dianteira maior, todas as molas e buchas foram recalibradas e rebaixadas em relação ao Mustang GT. O Shelby GT350 traz ainda novo sistema de freios Brembo, com discos dianteiros de 394 milímetros com seis pistões e traseiros de 380 mm com quatro pistões.  As rodas de 19 polegadas são de liga de alumínio extraforte, calçadas com pneus Michelin Pilot Super Sport, com laterais, banda e composto especial para máxima aderência.

Ford Mustang Shelby GT350 2015 022 destaque

Os amortecedores são magnéticos – MagneRide – continuamente ajustáveis, usados pela primeira vez em um Ford. Eles são preenchidos com um fluido hidráulico impregnado com partículas de ferro que, ao ser atravessado por uma corrente elétrica, dá à suspensão um ajuste praticamente instantâneo. Sensores monitoram o movimento das rodas milhares de vezes por segundo e, junto com outros dados do veículo, permitem que cada roda seja modificada de forma independente a cada 10 milissegundos para garantir ótima dirigibilidade.

Mudanças no design

Do para-brisa para frente, o modelo tem uma carroceria exclusiva e também é dois centímetros mais baixo que o Mustang GT. O novo capô de alumínio é rebaixado e inclinado, rente ao motor, paraFord Mustang Shelby GT350 2015 038 destaque gerar o menor arrasto aerodinâmico possível. A frente foi redesenhada, com um divisor inferior agressivo. As saídas do capô funcionam como extratores de calor e também para reduzir a pressão de ar interna ar em alta velocidade. A traseira conta com difusor para melhorar a estabilidade, além de fornecer ar para o radiador do diferencial, que é opcional.

Os para-lamas dianteiros são de são alumínio e foram redesenhados para acomodar as rodas maiores. A grade dianteira tem aberturas individuais direcionadas para o radiador, a alimentação de ar do motor, os dutos de freios. No interior, o GT350 tem bancos esportivos Recaro, volante com base chata e os acabamentos cromados foram eliminados. O esportivo traz novo sistema integrado de controle permite a seleção de cinco modos exclusivos de direção que ajustam o ABS (freios antitravamento), o controle de estabilidade, o controle de tração, o esforço de direção, o mapeamento do acelerador, o amortecedor MagneRide e as configurações de escape, de acordo com a preferência do motorista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *