Scania e Itaipu testam no Brasil ônibus movido com fezes de aves

A Scania e a Itaipu Binacional apresentam o primeiro ônibus do Brasil abastecido com biometano, produzido a partir de dejetos de aves poedeiras. As empresas são parceiras na cooperação técnica para desenvolver e estimular o uso veicular de gás. O ônibus foi apresentado no Paraná e fará demonstrações também no Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro.

As pesquisas têm a participação ainda do Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás (CIBiogás-ER) e da Grande Haacke, de Santa Helena (PR), no fornecimento do biometano. Scania ônibus biometano 006 destaqueProduzido a partir das fezes das aves, o gás é filtrado e envasado antes de ser transportado para Foz do Iguaçu, primeira cidade onde o veículos foi utilizado em demonstração.  O ônibus usado nos testes é fabricado na Suécia e tem motor flex, podendo rodar tanto com gás natural veicular (GNV) quanto com biometano. “Ele emite 70% menos poluentes que um similar a diesel”, explica Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Ônibus da Scania no Brasil.

O modelo foi usado para transporte de funcionários e estudantes dentro de Itaipu de 31 de outubro a 26 de novembro, rodando 3 mil quilômetros. Em dezembro, a demonstração será no Rio Grande do Sul. De acordo com o executivo da Scania, a tecnologia demonstrou que “100% viável para comercialização”. Ele acrescenta que o custo do biometando é 56% menor em relação a um veículo similar a diesel.

Outras pesquisas para o uso do gás biometano estão sendo desenvolvidas no mundo. Recentemente a Test Rider publicou um post sobre um ônibus que roda com gás produzido a partir de fezes humanas e lixo sendo testado na Inglaterra (clique aqui para ler mais).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *