Recife é 1ª cidade a adotar o compartilhamento de carro

Recife é a primeira cidade brasileira a adotar o sistema de compartilhamento de carro, serviço que vem crescendo nos países da Europa, principalmente na França. Ele começou a ser testado nesta sexta-feira (5) e inclui o uso de três carros elétricos de fabricação chinesa. Nessa fase de teste, que deve durar um mês, 20 pessoas previamente escolhidas poderão usar os carros, com o serviço sendo expandido nos próximos meses.

O sistema, que no Exterior é chamado de car sharing, é simples: a pessoas se cadastra no site e, mediante ao pagamento de uma taxa, pode pegar o carro, usar para percursos e até meia hora e deixar em outra estação. O objetivo é reduzir o número de carros nas ruas e também a poluição por usar veículos elétricos.

Tudo digital

Para saber se o carro está disponível, basta usar um aplicativo para smartphone. É semelhante ao serviço de uso de bicicletas que já existe em algumas cidades brasileiras. No caso do Recife, os carros usados acomodam até duas pessoas e tem autonomia de até 100 km, caso a bateria esteja com carga total.

Os participantes do programa pagam uma taxa de R$ 30 por mês, mais R$ 20 por viagem. Caso dê carona para outro integrante do serviço, o valor da viagem é dividido entre os dois. Para isso, basta informar através do aplicativo. O compartilhamento de carros está sendo implantado pela empresa Serttel, que investiu R$ 500 mil no projeto. Inicialmente, há três estações onde os carros podem ser deixados, nas ruas do Brum e Vasco Rodrigues, no Bairro do Recife, e na Rua do Lima, em Santo Amaro, na área central.

Como funciona o serviço

  • Os participantes pagam uma taxa de R$ 30 por mês e mais R$ 20 por viagem. Em caso de carona para outro participante, o valor da viagem é dividido
  • A bateria do carro garante uma autonomia de até 100 km
  • 80 km/h é a velocidade máxima do Sharing Car.
  • Não polui (isento de queima de combustível fóssil)
  • Câmbio automático. Para guiar o carro elétrico, é necessário ser habilitado.
  • A bateria que alimentar o motor leva seis horas pra uma recarga completa
  • As baterias serão recarregadas na estação.
  • Para a retirada do carro da estação, o usuário terá que baixar um aplicativo.
  • É através do app que o usuário abre e fecha o carro
  • Danos materiais e multas serão de responsabilidade do próprio usuário

Compartilhamento de carros em Recife

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *