BMW Série 6 2015 ganha um facelift

A BMW lançou o facelift para toda a linha do Série 6 – cupê, conversível e GranCoupé, além de seus respectivos irmãos de alta performance M6. A primeira exibição ao público foi feita no Salão de Detroit, que acontece nos Estados Unidos. As alterações são discretas, muitas vezes quase imperceptíveis. Entre elas estão novo para-choque dianteiro, grade redesenhada, faróis revistos com luzes diurnas de LED, para-choque traseiro reformulado e novas rodas, de 17 polegadas para as versões de seis cilindros e de 18” no caso dos V8.

BMW Série 6 2015 010 destaque

Há algumas mudanças também no interior, com revestimento em couro em dois tons e a incorporação do head-up display, com as principais informações sobre o carro sendo projetadas diretamente no para-brisa à frente do motorista. A parte mecânica não sofreu modificações, apenas pequenos ajustes para cumprimento das normas de emissões previstas pela Euro 6.  As versões a BMW Série 6 2015 022 destaquegasolina também trazem novo escapamento esportivo com aba comutável para um “som mais sedutor”, de acordo com a BMW.

Entre elas está 640i, equipada com motor 3.0 turbo, de seis cilindros em linha, que desenvolve 320 cavalos de potência e 45,9 kgf.m de torque. Há ainda a 650i, com V8 biturbo de 4.4 litros, com 450 cv e 66,22 kgf.m, que faz 0-100 km/h em 4,6 segundos, 0,3 segundo a menos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h.

Todas as versões têm como item de série a transmissão automática de oito velocidades, com opção de troca seqüenciais através de borboletas no volante. Contam ainda com sistema de redução de consumo, como Start&Stop e cinco modos diferentes de condução, que ajustam o motor ao modo de dirigir do motorista.

As versões M6 do cupê, cabriolet e GranCoupé continuam alimentadas pelo motor V8 biturbo de 4.4BMW Série 6 2015 003 destaque litros, com 560 cv e 69,26 kgf.m de torque. Neste caso o câmbio é o automático de sete marchas de dupla embreagem e o diferencial tem controle eletrônico.  O cupê M6 faz 0-100 km/h em 4,2 segundos e atinge os 250 km/h de velocidade máxima. O consumo médio, de acordo com a fábrica, é de 9,9 km/l.

Como opcional para a linha M é oferecido o pacote Competition, que eleva a potência em 15 cv, passando para 575 cv e reduz o sprint em 0,1 segundo. Ele inclui ajustes na suspensão, nova relação de marchas e rodas exclusivas de 20 polegadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *