Nova Mitsubishi L200 Triton conviverá com a velha no Brasil

A nova geração da L200 Triton será lançada no Brasil, onde conviverá com a velha. O anúncio foi feito pela própria Mitsubishi durante o lançamento da nova picape no mercado Europeu, queMitsubishi L200 Triton destaque ocorreu nesta quarta-feira (4) no Salão de Genebra, na Suíça. Ela também já está venda em países da Ásia e traz mudanças no design. No Brasil, o novo utilitário (cor ver, ao lado) virá importado, enquanto a atual Triton continuará sendo produzida na fábrica de Catalão, em Goiás.

A picape recebe uma série de atualizações, que visam torná-la mais refinada e segura, sem perder a reputação de robustez criada em quase uma década de vida.

Na parte mecânica, a principal novidade é o novo motor a diesel de 2.4 litros, com duas afinações. A primeira entrega 153 cavalos de potência e 38,71 kgf.m de torque. A segunda oferece 180 cv e 43,83 kgf.m.  O câmbio pode ser o novo manual de seis marchas, ou automático também de seis velocidades com opção de trocas sequenciais através de borboletas no volante (paddle shift).  A versão superior entrega a mesma potência do motor a diesel de 3.2 litros usado pela L200 Triton no Brasil, mas com mais torque – a versão nacional tem 38 kgf.m.

De acordo com a montadora, o novo motor é menos poluente, com a emissão de CO2 caindo de 199g/km para 169/km. Ainda na parte mecânica, o sistema de suspensão foi revisto para oferecerMitsubishi-L200-Triton-2015-011 destaquemais conforto para os passageiros, reduzindo os ruídos e as vibrações transmitidas para a cabine.

Na parte estética, a nova L200 teve a frente e a traseira redesenhadas. Traz nova grade cromada horizontal, novos faróis com luzes diurnas de LED e para-choque. Na traseira, há novas lanternas e para-choque modificados. Onde havia um vão no centro, agora há um degrau de apoio para facilitar o acesso à caçamba, que também terá laterais mais altas, o que influenciará na capacidade de carga. A curvatura da janela traseira mostra ainda que a Triton mantém as portas assimétricas.

A Mitsubishi diz usar material de melhor qualidade no acabamento interno, com a cabine ficando mais confortável e espaçosa do que a geração anterior. A nova L200 tem tração integral, controle de estabilidade, controle de tração e assistência de partida em rampa. Na Europa, será vendida com sete airbags.

2 Comments

  1. ALFS

    Muita coisa melhora, suspensão, nivel de ruido interno cambio seis, iguais para todas,design externo, pricipalmente a frente, a traseira ficou destoada, a lanterna com aquela ponta enovou mas não colou, por dentro, a tela de multimidia, tem de ter no minimo 7 polegadas, mas o melhor mesmo foi a linha reta da caçamba, deu ainda mais robustez, resultado, uma baita caminhonete.
    Vamos ver como sobressai o motorsão 3.2 litros, tomara que na casa dos 50, em vez dos 38 kgf.m. da atual, ai seria chegar ao topo frente a concorrente S10, mas com mais qualidade.

  2. Paulo Sípoli

    Num país onde ainda se produz Tucson e pálios… mais um carro velho não é nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *