Aston Martin desenvolve versão elétrica do Rapide

A Aston Martin revelou que trabalha numa versão elétrica do Rapide, que deverá estar disponível em dois ou três anos. Os engenheiros da montadora já trabalham no projeto, com o carro devendo ter potência superior ao do V12, algo em torno de 1.000 cv, tração integral e autonomia de 320 km. O CEO da montadora britânica, Andy Palmer, disse que o modelo elétrico vai ajudar a empresa a reduzir as emissões de CO2, atingir a média prevista pela legislação europeia e manter o uso do motor de 12 cilindros nos esportivos da marca.

Aston-Martin-Rapide

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *