XDiavel, o lançamento da Ducati para o segmento cruiser (Fotos e vídeo)

A Ducati mira o público custom e estradeiro com a aplicação de um novo conceito ao modelo recém lançado XDiavel.

Por Osvaldo Furiatto

Você costuma prestar atenção nas letras que acompanham os nomes das motocicletas? Se a resposta for não, eis aqui um bom momento para mudar esse hábito. A nova motocicleta da Ducati ganhou um “X” na frente do nome já conhecido Diavel, tornando-se XDiavel. Mas engana-se quem acha essa letra vai apenas diferenciar os modelos de uma mesma moto.

Apresar do nome parecido, a XDiavel e a Diavel não tem nada haver uma com a outra. São inclusive de estilos diferentes. Enquanto a Diavel é uma motocicleta mais voltada ao público que gosta das nakeds com motor potente, a XDiavel é a aposta da marca italiana para o público estradeiro e custom que também valoriza a potência. Público esse até agora não atacado diretamente pela Ducati.

Até agora, já que o lançamento da XDiável chega justamente focando nesse setor, e prometendo brigar de igual para igual com a concorrência. Segundo Eduardo Lelis, diretor comercial da Ducati Campinas, apesar da possibilidade de haver alguma migração de outros modelos da própria marca, o foco principal é um consumidor novo para a Ducati, que procura uma moto Cruise com alta tecnologia e desempenho.

Mas vamos ao que interessa, tivemos o prazer de conhecer de perto essa máquina durante o roadshow de apresentação para imprensa, que acontecerá em nove cidades brasileiras, sendo ontem (17/8) a vez de Campinas (SP). Vamos agora contar um pouco do que soubemos sobre ela.

O X diabólico

A primeira impressão é que a Ducati baseou-se em dois conceitos para criar a XDiavel. O primeiro foca no segmento Cruiser, onde são levadas em conta as premissas de baixa rotação do motor, pilotagem relaxante, longas viagens e pedaleiras projetadas à frente. O segundo é o próprio conceito Ducati, caracterizado pelo estilo italiano, engenharia requintada e desempenho.

Aplicando esses conceitos a essa estradeira, de 1.262 cilindradas, a XDiavel promete emoção em baixa rotação, típica de uma Cruiser, e a adrenalina da pilotagem esportiva que a própria Ducati. É isso que o X no nome XDiavel significa: a fusão de dois mundos aparentemente separados e distintos em uma motocicleta, uma excelente combinação onde ambos são alcançados sem deixar a desejar.

Três números que constituem o conceito XDiavel: 5.000, 60, 40

O primeiro: 5.000 são as rotações em que o motor de dois cilindros atinge o torque máximo (13,1 kgm). Rotações extremamente baixas para um motor Ducati, mas perfeito para uma Cruiser. Além disso, a 2.100 rpm o motor da XDiavel já garante um torque acima de 10 kgm, permanendo um motor completamente Ducati, com uma potência máxima de 156 cv e emocionante desempenho por todo o intervalo de rotações.

Para obter esse desempenho os engenheiros da Ducati avançaram o motor Testastretta à sua fase final de desenvolvimento para criar o Ducati Testastretta DVT 1262. Maior cilindrada do motor, juntamente com o sistema DVT (Desmodromic Variable Timing), resulta em entrega de torque fluído integral em baixas rotações, mas garante desempenho de motocicleta esportiva quando o acelerador é amplamente aberto.

O segundo: 60 é o número de diferentes configurações ergonômicas para o piloto. A XDiavel oferece um amplo leque para a personalização graças a quatro diferentes posições das pedaleiras, cinco posições diferentes do banco e três dos guidões. Além disso, o passageiro tem a opção de escolher entre um assento regular e um assento conforto com encosto, como equipamento de série.

O terveiro: 40 é o ângulo de inclinação máximo alcançável, um número considerado muito bom quanto falamos de motos Cruise. Quadro, suspensão freios e a configuração do chassi foram projetados para maximizar o prazer de pilotar esportivo e divertido, mas sem comprometer o conforto e a fácil condução que são essenciais ao explorar as rodovias num ritmo mais Cruiser.

Mais tecnologia

A XDiavel é a primeira Ducati a usar transmissão final por correia. Quase como uma item obrigatório dentro do segmento Cruiser, principalmente devido às reduções de ruídos e trepidações, este sistema foi desenvolvido para a XDiavel pelos engenheiros da Ducati. Além disso, a transmissão por correia oferece outras vantagens como manutenção reduzida e resposta mais suave do acelerador.

A XDiavel possui a Bosch Inertial Measurement Unit (IMU- Unidade de Medição Inercial), que mede de maneira dinâmica os ângulos de inclinação longitudinal e lateral mais a velocidade de variações relativas no comportamento, assim aumentando os padrões de desempenho e segurança ainda mais.

comparativo1

XDiavel ou XDiavel-S?

As diferenças entre os modelos XDiavel e XDiavel-S são basicamente estéticas, pois ambas possuem a mesma mecânica. A única diferença mecânica mais relevante na versão S fica por conta das pinças do freio dianteiro Brembo M50 (enquanto a versão de entrada possui um versão menor). Já na estética, a versão S destaca-se o assento exclusivo e peças com acabamento usinado, entre eles, rodas de alumínio e tampa da correia do motor em alumínio.

Design no DNA

Longo, baixo, encorpado, com linhas modernas e componentes tecnologicamente avançados. Como estrela do modelo, o motor foi meticulosamente projetado até o último detalhe. O projeto inclusive partiu dele, só depois de pronto é que foram desenvolvidas as outras partes como chassi, ciclística, finalização do design etc. A XDiavel foi deliberadamente projetada “elemento por elemento”. O quadro, curto e moderno, é imediatamente identificável com o clássico quadro de treliça Ducati. O tanque de aço em formato de gota traz inevitavelmente à mente o mundo Cruiser, mas conserva o DNA da Monster e da Diavel. O farol, uma interpretação ultramoderna do clássico farol da Ducati naked. E assim também com a parte traseira, silenciador e assento: todos os elementos que, observados individualmente, têm sua própria atração, juntos, produzem um conjunto extremamente harmônico e equilibrado.

comparativo-2

Pacotes de personalização

A Ducati Performance oferece um amplo catálogo de acessórios para a XDiavel. Além dos itens individuais, três pacotes de personalização exclusivos também estão disponíveis: Sport, Touring e Urban.
• PacoteSport:guidão inclinado para frente, capa do tanque de combustível e conjunto de aros forjados em alumínio.
• Pacote Touring: assento confortável do piloto, mala para tanque magnético e bolha Roadster.
• Pacote Urban: Tampa do reservatório de fluído de freio traseiro, tampas do reservatório de fluído de freio e embreagem, capa da embreagem de barra de alumínio, tampa do fluído de embreagem, capa do radiador em carbono, cobertura da coroa, tampas do chassis e peso para guidão.

Painel de instrumento

O painel de instrumentos da XDiavel consiste de uma tela TFT com módulo de luz de advertência separado posicionado acima do guidão. O painel de instrumentos possui quatro modos diferentes de exibição. Novo na Ducati, o modo Default oferece um nível mínimo fundamental de informações, apresentado de maneira atenciosamente estilizada. Os outros três, por outro lado, são os clássicos modos de exibição Track, Full e City associados com os Riding Modes.

Ignição sem o uso das mãos

A XDiavel pode ser ligada sem ter que inserir uma chave mecânica. Basta se aproximar a 2 metros da motocicleta e o sistema automaticamente faz a leitura do código da chave eletrônica; isso permite a ignição sem mesmo ter que tirar a chave do bolso. Ao pressionar o botão ‘key-on’ o painel de controle se acende e permite que seja dada partida no motor. A chave consiste de um circuito eletrônico e uma chave mecânica recolhível para abertura do assento e a retirar a tampa do combustível. Este sistema inclui um acionador eletrônico da trava da direção: quando a motocicleta está estacionada, a trava da direção pode ser acionada ao pressionar um botão. Ao voltar à motocicleta, a trava é automaticamente liberada com a ignição.

Pré-venda, disponibilidade e preço

Junto com a apresentação para a imprensa começou também a pré-venda tanto a XDiavel quanto da XDiavel-S. Na primeira remessa estão chegando aproximadamente 30 unidades da versão S, todas praticamente reservadas ou vendidas. O preço é de R$ 74.900 para a XDiavel e R$ 85.900 para a XDiavel-S.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>